Após análise da perícia, morte de assessor de Leonardo foi considerada acidental

Disparos ocorreram pela madrugada e testemunhas que dormiam no local serão ouvidas

Amigo e assessor do cantor Leonardo, Newton Rodrigues, morreu atingido por um disparo arma de fogo nesta quinta-feira, 04. O acidente aconteceu na fazenda Talismã, localizada na zona rural de Jussara, que é propriedade do cantor.

Apesar de o fato inicialmente ter sido noticiado como possível suicídio, o disparo foi considerado acidental, após análise do local feita pela equipe pericial da Polícia Civil e da Polícia Técnico Científica. A arma em questão era uma Glock 380.

A vítima, de 60 anos, mais conhecida como Passim, trabalhava no meio artístico há 30 anos. Os disparos ocorreram por volta de 2h da manhã. Entretanto, a vítima só foi encontrada com os ferimentos por volta de 12h30 do mesmo dia. No momento do disparo, outras três pessoas dormiam na fazenda, em cômodos distantes.  

As testemunhas em questão ainda serão ouvidas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.