Luciano Hang conseguiu aval do presidente para criar uma vaquinha para arrecadar R$ 2,8 milhões, valor que o guru deve ao cantor Caetano Veloso

O guru Olavo de Carvalho voltou atrás nas críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e afirmou neste domingo, 7, que apoia o presidente. “Estou cem por cento com o Bolsonaro. Ele é que não está”, assegurou em publicação nas redes sociais.

Luciano Hang, que também foi alvo de ataques, conseguiu aval do presidente para criar uma vaquinha para saldar as dívidas de Olavo com a Justiça. Objetivo é arrecadar ao menos R$ 2,8 milhões, valor que o guru deve ao cantor Caetano Veloso.

“Um senhor de 73 anos, morando há 15 anos nos EUA, está na trincheira atirando, atirando, atirando, ajudando o nosso país. E aí eu me pergunto, o que nós estamos fazendo pelo Olavo de Carvalho?”, questionou o empresário bolsonarista.

Olavo, no entanto, reagiu à divulgação de uma notícia sobre a realização da vaquinha online em um jornal de grande circulação. “Não pedi dinheiro para ninguém. Eu pedi advogados, é outra coisa completamente diferente. Não disse para ninguém pagar os advogados para mim. A minha situação financeira não é ruim”, disse.