Após ameaça de atentado, UFG reforça segurança no Campus II

Reitoria divulga nota sobre medidas adotadas para garantir a segurança interna

Reprodução/Facebook

A Universidade Federal de Goiás (UFG) se posicionou por meio de nota sobre uma ameaça de atentado à instituição recebida nesta segunda-feira,
1.º, via e-mail. No texto, o autor da ameaça afirma que o atentado seria uma resposta à interferência de alunos em uma manifestação pró regime militar, realizada no domingo, 31. As ameaças são direcionadas aos prédios da Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia e Faculdade de Jornalismo.

“Mexeram com um membro do movimento integralista ontem na manifestação pró Regime Militar? Pois bem, hoje 01/04,2019 entrarei no prédio da Faculdade de Ciências Humanas e Filosofia (FCHF) da UFG, com dois revolveres calibre 38 que comprei na Deep Web, mas antes passarei na Faculdade de Jornalismo”, escreveu o autor da ameaça.

A Reitoria da UFG acionou, preventivamente, as Polícias Federal e Militar e, ainda, reforçou sua segurança interna. “A UFG adotou essas medidas com o objetivo de proporcionar a manutenção de todas as atividades com segurança e tranquilidade, preservando a integridade física da comunidade universitária”, diz trecho da nota.

A nota diz ainda que a Reitoria reitera o seu compromisso com os princípios democráticos, a liberdade de expressão, a diversidade cultural e o pluralismo de ideias, valores basilares da Constituição Federal e da Declaração Universal dos Direitos Humanos, e repudia quaisquer formas de violência, discriminação e exclusão social.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.