Após acusação de assédio, Globo substitui Zé Mayer em novela

Ator estava pré-escalado para “O Sétimo Guardião”, que estreia em 2018, mas seu papel ficará com Humberto Martins

O ator José Mayer já estava pré-escalado para a novela “O Sétimo Guardião”, da Globo, que deve estrear em maio do ano que vem, mas o caso de assédio envolvendo seu nome minou as chances de ele estar na produção. Depois de ter sido acusado por figurinista, Mayer foi afastado por tempo indeterminado da emissora.

O autor da novela, Aguinaldo Silva, já havia defendido Mayer anteriormente, antes do próprio ator confessar o assédio. Na época, ele disse que, a menos que Mayer fosse formalmente responsabilizado, ele o manteria no elenco.

No seu lugar, a Globo deve colocar Humberto Martins, que também já causou polêmica. Em 2015, ele afirmou que não aceitaria fazer um personagem homossexual na televisão porque não seria condizente com o perfil dos papeis que ele já havia interpretado até então. Para ele, um “galã” não poderia viver um gay em uma novela.

Além de Martins, devem estar na novela as atrizes Lilia Cabral, Marina Ruy Barbosa, Carolina Dieckmann e Flávia Alessandra; e os atores Chay Suede, Cauã Reymond e Marcelo Serrado. A novela também deve chamar atenção porque trará de volta a icônica vilã Nazaré, vivida por Renata Sorrah em “Senhora do Destino”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.