Representada no 9º Smart Cities India Expo, evento realizado na última semana em Nova Delhi, na Índia, Goiânia deve receber, em fevereiro deste ano, a empresa de tecnologia neozelandesa Duco Consultancy, voltada para consultoria e capacitação. A vinda da empresa, que vai se instalar no Polo Tecnológico, região Norte da capital, foi confirmada após tratativas com o titular da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec), Geverson Abel, que liderou uma comitiva como representante da Prefeitura de Goiânia.

Ao Jornal Opção, Geverson afirmou que instalação da multinacional deve gerar cerca de 500 empregos, além de aumentar a exposição internacional do Polo Tecnológico para a vinda de outras empresas.

“Eles vão enviar uma equipe de lá, da Índia, e vamos mandar pessoas daqui para lá. Então vai haver essa troca”, adiantou. Com isso, o Brasil será o sexto País a receber a empresa, que já tem sedes na Austrália, Índia, Ilhas Fiji, Nova Zelândia e EUA.

Ainda de acordo com o titular da Sedec, representantes de outras duas empresas – uma do ramo farmacêutica e outra de importação – devem vir a Goiânia já em março, onde serão apresentados ao Polo Tecnológico e ao programa de atrativos da Prefeitura.

A expectativa após as tratativas no evento na Índia, segundo Geverson, é que ao menos cinco multinacionais se instalem em Goiânia até o final deste ano.

A comitiva da Prefeitura de Goiânia foi levada pela Câmara de Comércio Indo-Brasileira (CCIB), que também articulou o contato inicial com as empresas.

Leia também: Chineses voltam a manifestar interesse em transformar Goiânia em polo de distribuição