Após acidente, vereadores querem comissão para investigar caso Mutirama

Acidente que deixou 13 pessoas feridas na semana passada foi tema de discussão entre vereadores na primeira sessão após recesso

Com a volta do recesso parlamentar, o acidente no Parque Mutirama que deixou 13 pessoas feridas na última quarta-feira (26/8) foi um dos principais assuntos no plenário da Câmara Municipal nesta terça-feira (1º/8).

Os vereadores Jorge Kajuru (PRP), Dra. Cristina Lopes (PSDB) e Delegado Eduardo Prado (PV) entraram com um requerimento para criação de uma Comissão Especial Temporária para investigar as condições de funcionamento do parque antes da tragédia.

Já o vereador Elias Vaz, apresentou requerimento para que o presidente da Agência Municipal de Turismo, Eventos e Lazer (Agetul), Alexandre Magalhães (PSDC), compareça à Câmara para prestar esclarecimentos sobre o histórico da manutenção dos brinquedos.

“É estarrecedor sabermos que o funcionário estava dando manutenção nos brinquedos de maneira informal, que há cinco anos que não se fazia uma inspeção completa. Esta Casa não pode ficar acompanhando uma situação grave como essa apenas pela imprensa e também não dá para esta administração ficar jogando a culpa na gestão passada. Já estamos em agosto. O acidente aconteceu em julho. Teve muito tempo para que o prefeito [Iris Rezende, PMDB] tomasse providências”, ponderou.

Além de da iniciativa de criar a comissão, o vereador Delegado Eduardo Prado (PV) apresentou requerimento e enviou ofício ao prefeito Iris Rezende para que a prefeitura pague indenização às vítimas e familiares sem que a questão seja judicializada.

“É uma forma de amenizar o sofrimento dessas pessoas e ressarcir o que estão gastando com medicamentos, por exemplo. Algumas pessoas estão impossibilitadas de trabalhar, famílias estão passando necessidade. Com ação judicial, sabemos que isso pode demorar muito tempo e as pessoas precisam desse amparo de forma imediata”, arrematou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.