Após a saída de Willian Panda, Secretaria de Habitação de Aparecida deve continuar com o PSB

O político disse que a sua saída não tem a ver com a guinada de Mendanha à direita e afirmou que o PSB deve continuar na pasta com uma nova indicação

Em meio às indicações de que o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (sem partido), deve se filiar ao PL, do presidente Jair Bolsonaro, o PSB, do deputado federal Elias Vaz, tende a caminhar num caminho contrário e continuar no Palácio Administrativo, mesmo após a saída do titular da Secretaria Municipal de Habitação, Willian Panda (PSB) na última segunda-feira, 31, como publicado no Diário Oficial do Município (DOM).  

O político nega que o pedido de exoneração partiu por conta de uma guinada à direita de Gustavo Mendanha, Panda diz que foi uma saída programada porque ele deve concorrer à uma cadeira Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). Ele, inclusive, adianta que a pasta deve continuar com a sigla, com o ex-vereador Bira Contador, que é uma indicação do Partido Socialista para substituí-lo na pasta de Habitação.

“Não há nenhuma relação [com a guinada de Mendanha à Direita], a minha licença do mandato ano passado foi com data programada de retorno já no requerimento aprovado. Também teria de sair no máximo em março devido minha desincompatibilização para pré-candidatura a deputado estadual pelo PSB”, explicou o agora ex-secretário.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.