Após cinco gols, seleção alemã teria decidido “aliviar a barra” do Brasil e impedir humilhação ainda maior

“Nós combinamos que continuaríamos focados, mas tentaríamos não humilhar eles”, disse o zagueiro zagueiro Mats Hummels em entrevista a um jornal inglês

Foto: Alessandro Garofalo/Reuters

Foto: Alessandro Garofalo/Reuters

O zagueiro Mats Hummels da seleção alemã disse em entrevista ao jornal britânico “Mirror” que no intervalo do jogo, no vestiário, o time teria decidido diminuir o ritmo do jogo para não humilhar o Brasil. “Nós combinamos que continuaríamos focados, mas tentaríamos não humilhar eles”, disse o jogador.

O jogador afirmou que é sempre importante mostrar respeito pelo adversário, sem começar a brincar, já que a diferença de 5 a 0 tornava inviável a recuperação do time. “Jogamos nosso jogo durante os 90 minutos”, afirmou Mats. Ainda assim, no segundo tempo, a seleção alemã fez mais dois gols, enquanto o jogador brasileiro Oscar diminuiu a vantagem com um gol quase no final da partida.

Mats sustentou que após o segundo gol o time começou a ficar confuso. “Eles não estavam organizados, e depois disso não perdemos uma chance até chegarmos ao quinto gol.” O jogador ressaltou que isso não acontece frequentemente e que deve ser “apreciado”, falando em seguida sobre o jogo de domingo. “Devemos manter os pés no chão, mas isso não é um problema para nós. Sabemos quão difícil será o jogo de domingo. Não importa como foi o oponente hoje, será uma luta árdua e a única chance de ganhar é sabermos que será difícil desde agora”, afirmou.

A taça da Copa do Mundo será disputa entre Alemanha e Argentina, que tirou a Holanda nas semifinais, no próximo domingo (13/7), às 16h, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

*Leia mais:

Queda humilhante contra o primeiro adversário de verdade
Adolescente se suicida após derrota da seleção brasileira na Copa do Mundo
Torcida alemã comemora goleada sobre Brasil em embaixada em Brasília
Felipão diz que convocaria a mesma equipe e Parreira compara derrota a tsunami

Uma resposta para “Após cinco gols, seleção alemã teria decidido “aliviar a barra” do Brasil e impedir humilhação ainda maior”

  1. Leila disse:

    Alemanha não precisa humilhar. O Brasil já é em si humilhante. Só em vocês verem como o povo é tratado já se dar a resposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.