Marina Silva quer fim da reeleição para apoiar Aécio Neves

Nesta terça-feira, integrantes da Rede Sustentabilidade devem se reunir em São Paulo para definir apoio. Filiados poderão escolher suas preferências

A ex-candidata a presidência do país pelo PSB, Marina Silva, começou a formatar o discurso para declarar apoio a Aécio Neves (PSDB) no segundo turno. A pessebista teria se reunido na última segunda-feira (6/10) com aliados e afirmou que, caso não aconteça um consenso entre o PSB e a Rede de Sustentabilidade, grupo político de Marina, ela tomaria uma decisão de apoio individual ao tucano.

A ex-ministra do Meio Ambiente busca a melhor opção para o anúncio, sem que seja incoerente com a postura de “nova política” pregada durante a campanha. Alguns pontos de seu programa de governo já foram citados para uma possível incorporação no do senador mineiro. Entre eles a reforma política, com o fim da reeleição, a educação em tempo integral e a sustentabilidade.

Nesta terça-feira (8), integrantes da Rede devem se reunir em São Paulo para definição de apoio, mas os filiados poderão escolher suas preferências. Um dos assessores mais próximos de Marina, João Paulo Capobianco, chegou a afirmar que “não dá para ter mais quatro anos desse governo” e que “o compromisso é com o movimento de mudança”.

Outro fator que demonstra este posicionamento de Marina seria o apoio de Renata Campos, viúva de Eduardo Campos, a Aécio Neves. O irmão de Eduardo, Antônio Campos, também já declarou seu apoio ao peesedebista via Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.