Aplicativo do Ministério da Saúde que recomendava remédios contra Covid-19 sem comprovação é retirado do ar

Pasta afirmou que aplicativo era um “projeto-piloto” e não funcionava oficialmente, era apenas um “simulador”

O aplicativo do Ministério da Saúde TrateCOV, lançado em Manaus no último dia 11 de janeiro, ficou fora do ar nesta quinta-feira, 21.

Através de nota, o Ministério informou que o aplicativo era um “projeto-piloto” e não funcionava oficialmente, era apenas um “simulador”. 

“No entanto, o sistema foi invadido e ativado indevidamente – o que provocou a retirada do ar, que será momentânea”, afirmou a pasta. Ainda não há data para retomada do aplicativo.

A plataforma, voltada para profissionais de saúde, tinha como objetivo auxiliar no diagnóstico da Covid-19 e recomendava uma série de remédios sem comprovação de eficácia contra a doença, como hidroxicloroquina, cloroquina, ivermectina, azitromicina e doxiciclina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.