Líder do governo acredita que Assembleia terá quórum após recesso

Campanha eleitoral de agosto e setembro pode fazer com que políticos se ausentem, mas o deputado Francisco de Oliveira disse que a casa continuará com quorum

Plenário da Assembleia Legislativa de Goiás | Foto: Marcos Kennedy / Alego

Se em ocasiões normais políticos costumam faltar ao trabalho, impedindo a realização de sessões por falta de quórum, a preocupação é ainda maior em período eleitoral, entre agosto e setembro, quando os parlamentares candidatos deixam suas cadeiras para cuidar da campanha.

Em conversa sobre o assunto, o líder do governo na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), deputado estadual Francisco de Oliveira (PSDB), porém, garante que os parlamentares marcarão presença no segundo semestre do ano.

“Sempre tivemos quórum na casa, sempre votamos projetos, mas obviamente que existem vezes em que há menos, pois acontecem viagens, solenidades e outras ocasiões em que o deputados precisam ir para representar a Casa”, disse o deputado.

Para Francisco, é preciso voltar a agenda parlamentar para o plenário, o que, segundo ele, já tem acontecido. “Tanto que, agora, antes de entrar em recesso, votamos todas as matérias”, declarou.

A Alego entrou em recesso na última quinta-feira (5/7) e retorna às atividades normais na primeira quarta feira de agosto (1º/8).

Deixe um comentário