Apesar da crise, mercado de grãos está aquecido e Goiás se beneficia

Informativo do governo estadual mostra estimativas de safra recorde

Revista Agro

Finalizada a colheita da soja no estado e estabelecido o vazio sanitário, Goiás começa a contabilizar os números da produção do grão, que está com o mercado aquecido. Do lado da oferta, as estimativas são de safra recorde e Goiás, que apresenta estatística preliminar de colheita de 12,4 milhões de toneladas de soja, tem um incremento de 9% em relação à anterior.

Além disso, com a quebra da produção no Rio Grande do Sul, o estado passou a ser o terceiro maior produtor de soja do País e a participação na produção nacional aponta crescimento de 0,5 pontos percentuais, saindo de 9,9% na safra anterior para 10,4% na atual.

Os números constam do boletim Agro em Dados de julho, da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), órgão do Governo de Goiás. Além desses dados, o boletim mostra que o crescimento da demanda internacional tem propiciado sustentação aos preços e a expectativa é que as exportações, sobretudo para a China, continuem a aumentar.

Outro ponto importante é que, além de medidas de tributação das exportações, a queda de produção da safra atual na Argentina tem favorecido a comercialização da soja brasileira.

“As negociações internacionais da soja brasileira vêm avançando, com possibilidade de recordes no volume das embarcações. No mês de maio, quando geralmente são registrados os picos de exportações do complexo soja pelo País, o crescimento em volume foi de 48,4% na comparação com o mesmo período de 2019. Nas exportações goianas, a representatividade do complexo soja foi de 57,2% do total do valor exportado pelo Estado e de 50,4% no acumulado do ano. Em maio, houve elevação em 64,9% no volume comercializado, ante maio de 2019, tendo como principais destinos a China e a Espanha. Ademais, o crescimento da comercialização dessa commodity tem contribuído para a geração de divisas ao Estado de Goiás”, explica o boletim.

Mais dados

O boletim Agro em Dados do mês de julho também traz como destaques números relativos à pecuária goiana, produção de leite, suinocultura e avicultura, produção de milho e cana-de-açúcar, além de informações relacionadas às ações das jurisdicionadas da Seapa – Emater, Agrodefesa e Ceasa. O boletim é produzido e distribuído gratuitamente de maneira digital no site da Seapa www.agricultura.go.gov.br e também será disponibilizada nos próximos dias sua versão em inglês para investidores.

Confira o link com o boletim: https://www.agricultura.go.gov.br/files/Agro-em-Dados-2020/AGROEMDADOS-JULHO.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.