Aparecida intensifica testagem para detecção de HIV e outras DST’s

Brasil registra anualmente cerca de 40 mil casos de infecção pelo HIV e a cidade quer manter os números em baixa

Testes rápidos serão realizados em várias partes da cidade | Foto: Ênio Medeiros

O município de Aparecida iniciou nesta terça-feira, 1º e Dia Mundial de Luta Contra a Aids, a agenda em referência ao Dezembro Vermelho 2020. A campanha contará com testagem massificada para detecção de HIV, Sífilis e Hepatites B e C.

A abertura da campanha, que pretende realizar sete mil testes rápidos, ocorreu no Centro de Especialidade e Diagnósticos do município, onde está localizado o Centro de Testagem e Aconselhamento Itinerante (CTA). Mas os exames rápidos, com resultado em menos de 30 minutos, poderão ser realizados em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.

A campanha é uma iniciativa da Vigilância Epidemiológica de Aparecida, por meio do Programa de IST/AIDS e Hepatites Virais. Como parte da agenda do Dezembro Vermelho, a Secretaria de Saúde realizará no dia 8 de dezembro a capacitação online dos trabalhadores da área “HIV/AIDS – Atualizações na Prevenção e Tratamento”. As inscrições podem ser feitas no link: https://doity.com.br/hivaids–atualizacoes-na-prevencao-e-tratamento.

Dados
Segundo os dados do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), o Brasil registra anualmente cerca de 40 mil casos de infecção pelo HIV. Uma média de 69% em homens e 31% em mulheres, principalmente na faixa etária de 20 a 34 anos (52,7% dos casos). Em Aparecida foram notificados 260 casos em 2019 e 188 em 2020, sendo 80, 3% (151) dos casos em homens e 19, 7% (37) dos casos em mulheres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.