Aparecida firma parceria com Hospital Sírio-Libanês para tratamento de Covid-19

Parceria prevê acompanhamento diário de até 30 pacientes com trocas de dados e informações

Hospital de Aparecida de Goiânia | Foto: Aparecida

Aparecida de Goiânia inicia na próxima segunda-feira, 18, parceria com o Hospital Sírio-Libanês (HSL). Com isso, todos os pacientes com Covid-19 internados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Hospital Municipal (HMAP) receberão tratamento orientado pela equipe médica do HSL.

A iniciativa consiste em receber suporte à distância, via chamada de vídeo, em tempo real, de um profissional médico intensivista do Sírio-Libanês para debater e orientar a equipe do HMAP no atendimento a esses casos.

A parceria prevê o acompanhamento diário de até 30 pacientes com trocas de dados e informações, análises de protocolos e de critérios de admissão e alta, dentre outras orientações.

“Diante das dificuldades que diversos municípios têm enfrentado e com a ampliação dos leitos em Aparecida, a partir de agora todos os aparecidenses diagnosticados com Coronavírus e que precisarem de internação serão tratados em nossa cidade”, anunciou o prefeito Gustavo Mendanha (MDB) em rede social.

Respiradores

Na última quinta-feira, 14, a prefeitura de Aparecida entregou 20 novos respiradores e monitores ao Hospital Municipal de Aparecida. Com isso o município passou a ter 123 leitos hospitalares exclusivos para tratamento da Covid-19 à disposição da população que utiliza o Sistema Único de Saúde. São 50 UTIs e 60 semi-UTIs no Hmap e outras 13 UTIs no Hospital Garavelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.