Aparecida de Goiânia observa aumento nas taxas de infectados pela Covid-19

Cidade passou a registrar maiores índices de realização de exames para detecção da doença, além de um aumento na ocupação de leitos de UTI destinados à Covid

A equipe técnica de Aparecida de Goiânia passou a observar um aumento na quantidade de pessoas que procuram pela realização de exames do tipo RT-PCR para a detecção do vírus no organismo. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, o índice de positividade para os casos da doença aumentou em cerca de 14% desde o início do mês de fevereiro, passando da marca dos 22 para os 36%.

“Observamos aumento na procura dos testes. Isso indica que mais pessoas estão com sintomas e com suspeita de contaminação pelo Sars-Cov-2.”, ressalta Alessandro Magalhães, secretário Municipal de Saúde.

O Superintendente de Atenção à Saúde, Gustavo Assunção, alerta para o fato de que os cidadãos estão se descuidando quanto às medidas de prevenção e fazendo aglomerações. Segundo ele, isso se  reflete diretamente na sobrecarga das unidades de saúde de Aparecida de Goiânia. Luciano de Moura, superintendente de Regulação, Avaliação e Controle da Secretaria, destaca que a taxa de ocupação de leitos destinados para Covid-19 está em torno de 79%, sendo considerada alta.

Prevenção

Desde o início da pandemia no ano passado, a prefeitura de Aparecida tem realizado uma série de ações que visam o combate à doença e uma redução nas taxas de contaminação. Para isso, foi implantado o Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao novo coronavírus, que passou a decidir estratégias, pautado em evidências científicas. O Comitê afirma que caso as taxas de ocupação de leitos de UTI permaneçam acima de 70% por três dias consecutivos, mais medidas restritivas podem ser decretadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.