“Apanhei calado enquanto corrigia erros de gestões anteriores”, diz Roberto Naves

Prefeito deu início às obras de reforma e ampliação do Cais Progresso que foi fechado porque funcionava de forma precária

Foto: Divulgação

O prefeito Roberto Naves esteve, nesta terça-feira, 9, na região Norte para dar início às obras de reforma e ampliação do espaço que vai se tornar outra Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h em Anápolis. Na ocasião, o gestor apontou como estão as condições do local, o antigo Cais Progresso, que foi fechado, conforme ele, pela insalubridade.

Vale destacar que, para Naves, o Cais Progresso é simbólico em sua gestão. Isto, porque ele recebeu duras críticas de adversários políticos por ter fechado a unidade. O local funcionou de forma precária até novembro passado.

Situação

Roberto evidenciou aos presentes o mofo das paredes e a estrutura totalmente comprometida do teto. “Quem deveria ter fechado isto aqui era a vigilância sanitária há dois anos. As pessoas entravam aqui doentes e saíam piores. A turma do PT foi os primeiros a criticar quando fechamos, mas agora está aqui, bem claro, o tipo de atendimento que davam para as pessoas”, disse.

Segundo ele, o fechamento nunca se tratou de uma decisão política, mas determinação técnica da Secretaria Municipal de Saúde. “Quem vinha aqui corria o risco de contrair doenças”, disse, enquanto mostrava à imprensa as condições insalubres do local. 

“Apanhei calado”

Na ocasião, ele também fez um desabafo. “Apanhei calado enquanto corrigia erros de gestões anteriores. Agora estamos aqui mostrando as barbaridades que eles cometeram e trabalhando de forma séria para oferecer aos anapolinos serviços dignos”.

Da mesma forma, ele adiantou como será a nova UPA, que vai substituir o Cais e que tem previsão de entrega de 12 meses. Serão cerca de 1.500 m² de obras e a expectativa é de atendimento para mais de 8 mil pacientes por mês (o dobro atendido pelo antigo CAIS). O valor da obra é de aproximadamente R$ 2,7 milhões.

Pontua-se, ainda, que a unidade também será habilitada para receber recursos federais, que devem ser da ordem de R$ 300 mil ao mês. 

Elogio

Para Olegário Rocha, cirurgião pediátrico que já atuou no Cais Progresso, a atitude do prefeito em fechar o cais e levar seus serviços para outras unidades, apesar de desgaste político, mostrou “coragem para enfrentar situações adversas e fazer a coisa certa”.

Aniversário da cidade

A ação, vale destacar, faz parte de uma série de abordagens que serão realizadas neste mês, em que a cidade comemora seus 112 anos, no dia 31.

Na quarta, 10, por exemplo, será inaugurada a Praça São Sebastião, no setor de mesmo nome, na Avenida Paraguai.

Conforme informações da prefeitura, são mais de 5 mil m² de área totalmente transformada. O local tem, ainda, espaço de convivência, quadra poliesportiva, academia ao ar livre e parque infantil.

Também nesta semana, na quinta-feira, 11, haverá a retomada das obras de construção da Unidade de Saúde da Vila Norte, no Recanto do Sol.

E tem mais. A prefeitura também promove a inauguração da Central Especializada em Distribuição (17); Inauguração do Cmei Santo Anônio (22) e do Cmei Pedro Ludovico (23); inauguração da UPA Pediátrica (24) e outras ações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.