Ao menos cinco pessoas já foram presas em Goiás por crimes eleitorais

Maioria dos registros está relacionada à divulgação de propaganda e boca de urna

A Polícia Militar de Goiás divulgou o resultado parcial do trabalho da corporação durante as eleições deste domingo (2/10). Conforme dados da corporação, já foram registradas no Estado 14 conduções e 12 Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO). Ao menos cinco pessoas foram presas em flagrante, sendo duas no interior e três na capital.

Os registros foram feitos em Goiânia, Aparecida de Goiânia, Anápolis, Edealina, Santa Rita do Novo Destino, Quirinópolis, São Miguel do Passa Quatro, Ipameri e Santo Antônio de Rio Verde.

A maioria dos registros de infração está relacionada à divulgação de propaganda e boca de urna. Em Goiandira, o candidato a prefeito Zezinho Boaron foi conduzido à delegacia após ser flagrado pedindo votos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.