Ao lado de Anselmo, Vecci prega união ao ser aclamado candidato do PSDB

Nome do deputado federal  foi aclamado pela militância tucana, que tratou o presidente da Câmara como herói, após resolver desistir da disputa e apoiar colega 

Anselmo e Vecci foram recebidos com festa pela militância do partido | Foto: Marcelo Gouveia

Anselmo e Vecci foram recebidos com festa pela militância do partido | Foto: Marcelo Gouveia

Ao lado do presidente da Câmara de Goiânia e até então pré-candidato, vereador Anselmo Pereira, o deputado federal Giuseppe Vecci (PSDB) foi recebido pela militância tucana, na manhã deste domingo (21), na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). Na ocasião, o nome do parlamentar foi aclamado como o candidato do partido para as eleições municipais deste ano.

A tônica de todos os discursos foi a união e a necessidade do partido fazer o próximo prefeito de Goiânia, feito que o tucanato não alcança desde o ano 2000. “Muitos pensaram que o PSDB sairia aos frangalhos deste processo de prévias, mas, pelo contrário saímos unidos”, exclamou, em discurso, o governador em exercício, José Eliton.

Entusiasmado, Vecci fez um panorama de sua trajetória na política e no PSDB. O parlamentar também lembrou que, em 2015, ainda não tinha ideia que se colocaria na disputa à Prefeitura. “Com a saída de Jayme Rincón, surgiu a oportunidade e comecei a trabalhar para isso”, explicou.

Vecci contou também que tem trabalhado pesado para viabilizar seu nome, não apenas dentro do partido, mas entre todo o eleitorado goianiense. “Fiz 40 reuniões em 50 dias, trabalhei para isso.” O deputado enfatizou também que as prévias do PSDB mostraram a unidade do partido e sua capacidade de aglutinação. “Engana-se quem imaginou que chegaríamos divididos. Hoje o PSDB mostra a sua união e força.”

Com discurso semelhante, o presidente metropolitano do PSDB, Rafael Lousa, defendeu a realização das prévias partidárias, que não foram sequer necessárias, já que Anselmo desistiu de concorrer à Prefeitura de Goiânia, na véspera da disputa.”Estamos muito felizes, pois estamos aqui para comemorar a força do processo das prévias no PSDB, que foi realizada de maneira aberta e com oportunidades para todos. Todos os pré-candidatos puderam andar nos bairros de Goiânia e fazer seu trabalho”, enfatizou.

Lousa fez questão de reconhecer o “altruísmo” por parte de Anselmo Pereira. Para ele, a desistência do presidente da Câmara em prol da candidatura do colega prova, mais uma vez, a consolidação do PSDB rumo à disputa eleitoral deste ano. “O partido está acima da vontade individual e representa o coletivo. Esse sinal de união é o primeiro passo para nosso partido recuperar a prefeitura”, disse em discurso.

Todas as lideranças tucanas que discursaram durante o evento deste domingo também citaram o “desprendimento” de Anselmo. “O vereador Anselmo, em uma demonstração de maturidade política, mostrou esse sentimento de desprendimento”, ponderou o deputado federal João Campos. “Anselmo apoiou Vecci e isso prova que ele sabe da capacidade que o deputado tem para mostrar”, acrescentou o presidente estadual do PSDB, Afrêni Gonçalves.

Já do presidente do PHS metropolitano, Marcelo Augusto, o presidente da Câmara ouviu o alento que ele ainda terá tempo para disputar a Prefeitura. “Calma, vereador, vai chegar sua hora. Você ainda é muito novo”, disse.

Também participaram do evento deste domingo (21) o senador Wilder Morais, os vereadores Tayrone di Martino, Thiago Albernaz e Dra. Cristina, além da secretária estadual Lêda Borges, do deputado federal Sandes Júnior (PP), do prefeito de Trindade, Jânio Darrot, e também do ex-prefeito de Goiânia Nion Albernaz. Os deputados Fábio Sousa e Delegado Waldir, que haviam se prontificado para participar das prévias, mas desistiram durante o processo, não foram vistos por lá.

Tucanos lotaram Auditório Costa Lima, na Alego | Foto: Marcelo Gouveia

Tucanos lotaram Auditório Costa Lima, na Alego | Foto: Marcelo Gouveia

“O altruísta”

Coadjuvante, mas tratado com grandes honrarias, Anselmo presente provou o consenso da decisão final de evitar a disputa pelas prévias, e também extirpou qualquer possibilidade do vereador deixar o ninho tucano, como chegou a ser aventado. Chamado inúmeras vezes de “altruísta”, Anselmo fez um discurso inflamado, cheio de frases de efeito, mas sem detalhes sobre o que de fato teria o levado a desistir das prévias.

“O mais importante nas prévias era colocar para a cidade o que queremos para Goiânia. Todas as zonais receberam nossas propostas. Vou colocar Vecci no peito para mostrar a vocês que realmente é preciso que todos nós tenhamos a grandeza de construir um caminho para chegarmos à Prefeitura Municipal de Goiânia”, disse, colando no peito um adesivo de Giuseppe Vecci, e sendo, logo em seguida, ovacionado pela militância tucana que lotava o Auditório Jaime Câmara, na Alego.

Em mais de 20 minutos de discurso, Anselmo ainda aproveitou para elogiar Vecci e, com bom humor, pediu a união da legenda em torno do nome do deputado federal e, agora, candidato do PSDB ao Paço. “Se eu fosse seu adversário, agora, iria expor nossas deficiências. Daqui para frente, eu só vou explorar suas virtudes”, brincou, acrescentando que Vecci sempre contou com seus votos em eleições anteriores.

“Em pleitos anteriores, me pediram para apoiar este ou aquele candidato, mas eu fiz uma análise e escolhi por conta própria votar no Vecci para deputado federal”, relatou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.