ANTT interdita quatro empresas irregulares na rodoviária de Goiânia

Entrega de documentação falsa e a ausência de apólice de seguros estão entre as irregularidades constatadas pelos fiscais. Operação deve durar até segunda-feira (29)

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) interditou quatro empresas que operavam no transporte interestadual no Terminal Rodoviário de Goiânia na manhã desta sexta-feira (26/9). A operação apreendeu cinco ônibus que transportavam passageiros na parte externa de forma irregular.

As empresas proibidas de operar na capital são Lindan Transporte e Turismo, Transporte Coletivo Brasil (Transbrasil), Viação Nossa Senhora da Medianeira e Viação Esmeralda. Na última segunda-feira (22), uma autorização judicial proibiu a operação dos veículos.

Segundo o coordenador de fiscalização da ANTT do Centro-Norte, Rafael Moiá, essas empresas apresentaram irregularidades nas apólices de seguro, descumprimento de normas de segurança e outros problemas de documentação. “Elas estavam sendo investigadas pela agência por entrega de documentação falsa e foram cautelarmente interditadas”, informou ao Jornal Opção Online.

A orientação é a de que os passageiros que compraram passagens nas referidas empresas solicitem a restituição dos valores ou acionem o Procon. A ANTT alertou ainda que os usuários não devem aceitar o embarque do lado de fora do terminal. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 166.

Dez agentes estão fiscalizando as empresas com o apoio da Polícia Militar. Dos carros apreendidos, dois deles eram das empresas irregulares. Os outros atuavam do lado de fora da rodoviária. A operação iniciada na última quinta-feira (25) deve continuar até a próxima segunda-feira (29).

Deixe um comentário