Anthony Garotinho e Rosinha Matheus são presos por suposto esquema com Odebrecht, no Rio

Estimativa é que o prejuízo causado aos cofres públicos ultrapasse R$ 1 bilhão

Ex-governador Anthony Garotinho sendo conduzido pelo Ministério Público do Rio de Janeiro / Foto: Reprodução/Internet

Suspeitos de participarem de um esquema criminoso, os ex-governadores Anthony Garotinho e Rosinha Matheus foram presos, na manhã desta terça-feira, 3, em decorrência de uma operação do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ).

As investigações apontam para participação, de ambos, em um esquema de superfaturamento em contratos assinados pela construtora Odebrecht com a Prefeitura de Campos dos Goytacazes.

À época, o contrato foi celebrado para construção de casas populares. O esquema foi revelado por meio de declarações colhidas pelo Ministério Público Federal com dois executivos da construtora.

A ação foi batizada de Secretum Domus. O casal foi preso na Zona Sul do Rio de Janeiro. A estimativa é que o prejuízo causado aos cofres públicos ultrapasse R$ 1 bilhão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.