Anselmo sobre ataques de Kajuru: “Responderemos com indiferença”

Presidente da Câmara de Vereadores não deu muita importância à fala do candidato a vereador, que, para ele, não tem credibilidade

Anselmo Pereira, presidente da Câmara: mesmo com desgaste de imagem, tende a ser reeleito | Foto: Alberto Maia

“Se a Câmara não presta, por que ele quer entrar?”, questionou Anselmo | Foto: Alberto Maia

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Anselmo Pereira (PSDB), foi sucinto ao rebater os ataques do candidato a vereador pelo PRB, Jorge Kajuru, que afirmou que “A Câmara tem 35 malandros que ganham salários milionários para trabalhar três dias por semana”. As declarações foram feitas em comício do candidato à Prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (PMDB).

Ao Jornal Opção, Anselmo disse que sua resposta é a “indiferença” e que não daria muita atenção ao caso. Segundo ele, o que Kajuru fala não tem importância: “Ele não tem credibilidade para se manifestar”.

Anselmo também questionou Kajuru sobre o porquê de, mesmo descrente na Câmara, ele ter se candidatado. “Se a Câmara não presta, por que ele quer entrar?”, provocou ele.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.