Anselmo Pereira declara “guerra” à Assembleia: “Vão respeitar vereador de Goiânia”

Após Paulo da Farmácia ter sido barrado ao tentar entrar no plenário do Poder Legislativo estadual, presidente disse que vai tratar deputados “como eles merecem”

Anselmo Pereira afirma que não é "Cristo" e que Assembleia precisa respeitar Câmara de Goiânia | Foto: Alberto Maia/Câmara de Goiânia

Anselmo Pereira afirma que não é “Cristo” e que Assembleia precisa respeitar Câmara de Goiânia | Foto: Alberto Maia/Câmara de Goiânia

Doze dias depois de ser barrado ao tentar entrar no plenário da Assembleia Legislativa o vereador pela capital Paulo da Farmácia (Pros) usou a tribuna na Câmara Municipal de Goiânia na terça-feira (24/6) para registrar o constrangimento que considerou ter passado.

“Infelizmente o tratamento que vossa excelência dá aos deputados que vêm aqui não é o mesmo que dão aos vereadores [que vão à Assembleia]. Fiquei muito ofendido com o posicionamento daquela Casa por não deixar eu entrar no plenário para cumprimentar os meus colegas deputados. Então, fica aqui o meu repúdio e tenho certeza que vamos continuar recebendo os nossos deputados de portas abertas da mesma forma, pois o nosso tratamento é diferenciado”, disse, referindo-se ao presidente Anselmo Pereira (PSDB).

No último dia 11, Paulo foi impedido por seguranças da Assembleia de entrar no plenário do Poder Legislativo estadual. O vereador afirmou que chegou a brincar com um segurança e disse ter perguntado se poderia adentrar ao ver os deputados Santana Gomes (PMN) e Francisco Júnior (PSD) — ambos foram vereadores pela capital. Mas resposta que ele recebeu foi: “As coisas aqui funcionam diferente”.

Em resposta, o tucano afirmou: “Eu vou ter um encontro com Helio de Sousa para dizer a ele que respeite parlamentares de Goiânia. Que seus asseclas [defensor ou seguidor apaixonado] e aqueles que se acham donos do poder (…) vão respeitar vereador em Goiânia. De um jeito ou de outro. Vai na boa, na boa conversa. Os senhores têm a minha ordem expressa: quebrem tudo”, exclamou. Ele emendou dizendo que “eu não sou Cristo. Cristo é quem dá a outra face, eu não”.  “[A partir de agora] Vou tratá-los como eles merecem. Aqui não tem esse negócio de ser bonzinho, não”, disse Anselmo, reforçando que irá marcar reunião com o presidente da Assembleia, Helio de Sousa (DEM), para tratar sobre o caso.

Anselmo também ironizou, dizendo que a situação instigava os seus instintos mais primitivos. “Se acontecer de novo, vou fazer eles passarem a respeitar vereador como eu fiz o assessor do [governador] Marconi Perillo me respeitar. Não ficou nada na vertical nada na sala dele, absolutamente nada. Nem a mesa, tudo na horizontal”, avaliou.

Ele se referia ao recente episódio em que se envolveu em confusão durante visita à Superintendência de Esporte e Lazer da Secretaria Estadual de Educação, Cultura e Esporte (Seduce). Na semana passada, nos corredores da Câmara, corria o comentário de que a confusão teria chegado até uma delegacia de polícia. Porém, o boletim de ocorrência não foi registrado. Na sessão de ontem, Anselmo confirmou a suposta briga: “Eles podem colocar muitos seguranças lá [na Assembleia]. Pois a última [vez que visitei representantes do governo do estado] eu soquei até dizer chega, e falo aqui publicamente. Delegacia é para isso, vai lá e me representa.” O tucano disse ainda que vai sugerir a Helio de Sousa que sejam “pregadas” fotos dos colegas nas paredes da Assembleia para que todos sejam reconhecidos.

Já Felisberto Tavares (PR) reafirmou as dificuldades que teve para entrar em contato com o líder do governo estadual, José Vitti (PSDB), como publicado pelo Jornal Opção Online na : “Fui tratado como primo primeiro de um cachorro vira-latas.” No mesmo caminho, Paulo Magalhães (SD) sugeriu um “voto de repúdio” aos parlamentares estaduais seja confeccionado com a assinatura de todos os vereadores.

2 respostas para “Anselmo Pereira declara “guerra” à Assembleia: “Vão respeitar vereador de Goiânia””

  1. Avatar Francísio Nobre disse:

    Tantas coisas a serem feitas para a população e esses Senhores com picuinhas que não levam a nada. Precisamos aprender a votar mesmo.

  2. Avatar renatobernardes disse:

    E isto ai anselmo pereira tem que ser assim mesmo eles tem que respeitar mesmo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.