Animais encontrados em chácara de Abadiânia podem ter sido submetidos a canibalismo

Afirmação é de uma testemunha ouvida pela Polícia Civil de Goiás. Processo será encaminhado ainda hoje ao Poder Judiciário 

Delegado Luziano de Carvalho, titular da Dema | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

O delegado Luziano de Carvalho, da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), vai encaminhar ao Poder Judiciário, nesta quinta-feira, 30, o inquérito policial sobre os cães encontrados em situação de maus tratos em uma chácara de Abadiânia. 

Ao Jornal Opção o titular explicou que as autoridades foram até o local no último sábado, 25, e identificaram 26 cães e 24 gatos em situação de maus tratos. “Quando chegamos o local já estava tudo limpo. Havia água e alimentos para eles. Mas o estado de desnutrição deixa evidente que eles estavam, sim, sendo alimentados de maneira incorreta”, considerou. 

Os animais, segundo ele, tinham sarna e estavam feridos. “Uma testemunha mencionou até a prática de canibalismo no local, ou seja, um cachorro comendo outro. Segundo ela, mais de 10 animais foram mortos ali nos últimos seis meses”. 

O delegado lembrou ainda que este é um crime previsto na Lei de Crimes Ambientais que pode acarretar em detenção e multa. A multa, pode atingir 360 salários mínimos. Carvalho assegurou à reportagem que todos os animais já foram retirados do local e conduzidos para um lugar seguro. Apenas o dono da ONG é que foi indiciado pela polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.