Andrey Azeredo define titulares da comissão do Plano Diretor e causa polêmica em plenário

Grupo de vereadores trabalhará junto à equipe técnica da Prefeitura de Goiânia que estuda projeto a ser encaminhado para a Câmara até 31 de dezembro

Vereadores questionaram critérios para escolha dos integrantes da comissão | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

O presidente da Câmara Municipal de Goiânia, vereador Andrey Azeredo (PMDB), anunciou nesta quarta-feira (2/8), durante sessão plenária, os nomes dos cinco integrantes e cinco suplentes que irão compor a comissão responsável por elaborar a revisão do Plano Diretor de Goiânia.

Os nomes anunciados foram: Andrey Azeredo (PMDB), suplente Clécio Alves (PMDB); Anselmo Pereira (PSDB), suplente Elias Vaz (PSB); Sabrina Garcêz (PMB), suplente Carlin Café (PPS); Izídio Alves (PR), suplente Romário Policarpo (PTC); e Delegado Eduardo Prado (PV), suplente Oseias Varão (PSB).

Andrey justificou as escolhas dizendo que “há um balanceamento entre os vereadores que já participaram da elaboração do último Plano Diretor e novatos”, além de garantir que foi observada a proporcionalidade dos blocos parlamentares existentes na Casa. A lista informada durante a sessão já foi encaminhada em ofício para Prefeitura de Goiânia.

Apesar das explicações, nem todos os parlamentares ficaram satisfeitos. Um das críticas mais incisivas foi do vereador Romário Policarpo, que ficou com a suplência. “Novamente o presidente age como se ainda fosse secretário da prefeitura. Qual a diferença entre eu e o vereador Anselmo? Vossa excelência nem me conhece para saber se eu tenho experiência ou não. As escolhas foram feitas da cabeça dele. Requerimento com assinaturas de outros 20 vereadores para que eu fizesse parte da comissão e novamente toma uma decisão contrária a mim. Lembre-se que o senhor está perdendo um grande amigo nessa casa”, ameaçou.

Já a vereadora Priscilla Tejota (PSD) questionou o argumento do presidente de que foi observada a proporcionalidade dos blocos. “É preciso que fique claro que essa comissão foi uma indicação da presidência e não dos blocos. Nós poderíamos até ter indicado o vereador Anselmo, mas não foi feita qualquer reunião ou indicação por parte da líder do bloco, que é a vereadora Dra. Cristina [PSDB], então essa escolha foi exclusivamente do presidente”, pontuou.

O vereador Lucas Kitão (PSL) também questionou as indicações e o vereador Carlin Café acabou por ceder à ele sua vaga de suplente. Clécio Alves também abriu mão da suplência e o vereador Andrey Azeredo deve indicar outro nome.

Os cinco indicados vão compor uma comissão que participará dos trabalhos da equipe técnica da Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), que trabalha na revisão do Plano Diretor de Goiânia de 2007 e foi constituída em 16 de janeiro deste ano.

Todas as audiências realizadas para a elaboração da revisão do Plano Diretor serão públicas e a comissão trabalhará de forma consultiva até o envio do documento final para a Câmara Municipal. O documento final de revisão deve ser encaminhado à Casa para a análise de todos os vereadores até 31 de dezembro.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.