Andrade Gutierrez pede desculpas ao povo brasileiro por corrupção

Nota oficial será publicada nesta segunda-feira (9/5). Construtora fechou acordo com força-tarefa da Lava Jato e pagará R$1 bilhão em indenização

A empreiteira Andrade Gutierrez, segunda maior empresa do ramo no país, divulgará na próxima segunda-feira (9/5) um “pedido de desculpas ao povo brasileiro”, por ilegalidades cometidas através das concessões de obras públicas. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

A empresa, investigada pela Operação Lava Jato, fechou acordo de leniência, homologado na última quinta-feira (5/9) pelo juiz responsável, Sérgio Moro, no qual concorda em pagar R$1 bilhão em indenização.

No texto a ser publicado, com o título: “Pedido de desculpas e manifesto por um Brasil melhor”, a empresa afirma que reparará os danos e apresenta propostas referentes a licitações e contratos para obras públicas.

Ao todo, 11 ex-executivos da empresa firmaram acordos de delação premiada, que permanecem em segredo de justiça. Fontes afirmam que, nos depoimentos, os executivos apontaram pagamentos de propina em obras da Copa do Mundo, da Petrobras, da usina nuclear de Angra 3, da hidrelétrica de Belo Monte e da ferrovia Norte-Sul.

Pelo acordo de leniência, a empresa admite ter cometido atos ilícitos, acerta o valor da indenização, implanta programas de controle interno e fornece informações sobre as irregularidades. (Com informações Folha de S. Paulo)

Uma resposta para “Andrade Gutierrez pede desculpas ao povo brasileiro por corrupção”

  1. Marco Valverde disse:

    Como uma governança corrupta pode implementar uma nova governança? A empresa diz, afirma, acredita, erra, pede desculpas… Mas uma empresa tem sentimento? Consciência? Razão? Não compreendo esse negócio de acreditar que uma empresa pode agir como um ser vivo racional. Essa crença é tão forte que as empresas de engenharia são detentoras de acervos técnicos no lugar dos engenheiros que efetivamente criaram os projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.