Anatel vai bloquear cerca de 40 milhões de celulares até o fim do ano no Brasil

Serão afetados os aparelhos sem selo e sem identificação na agência, como uma medida para tentar frear comércio paralelo de telefones falsificados ou roubados

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai bloquear, até o final do ano, cerca de 40 milhões de celulares no Brasil. Além dos aparelhos telefônicos, também serão atingidos outros  eletrônicos que utilizam chips para se conectar à internet, como computadores e tablets. O objetivo é invalidar produtos sem registro, vendidos no mercado paralelo.

Cada aparelho desses tem uma Identidade Internacional de Equipamento Móvel (Imei, na sigla em inglês) e, com ele, pode ser identificado. Entretanto, é comum encontrar comerciantes vendendo aparelhos sem registro, muitas vezes falsificados ou roubados, que são mais acessíveis que um celular devidamente certificado.

A previsão é de que, no dia 15 de setembro, as empresas de telefonia enviem mensagens de texto aos consumidores avisando sobre a medida. Para verificar se este é o seu caso, basta procurar o selo da Anatel na bateria ou no manual do aparelho.

Celulares comprados no exterior podem não ter a certificação da Anatel, mas não serão bloqueados se tiverem sido registrados por outras organizações estrangeiras que façam parte do Grupo Especial de  GSMA (Associação de aparelhos GSM) . Antes de comprar um novo aparelho, é sempre recomendado verificar se ele tem o selo.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Edson

Besteira, pior é ter uma agência de controle num país que não fábrica nenhum celular, rsrsrs todos os celulares encontrados no Brasil são importados, industria brasileira só etiqueta e coloca a bateria e a tampa, pois infelizmente não se tem fábrica alguma de componentes no Brasil, notícia falsa. Prefiro comprar um celular original fora feito e montado pela fabrica, do que comprar com selo e remanufaturado indústria brasileira