Contrato com a Saneago prevê, em um prazo de 9 meses, execução de 43 quilômetros em redes de distribuição de água, modulações e ligações prediais

O governador Ronaldo Caiado (UB) assinou, nesta segunda-feira (27), uma ordem de serviço para execução da ampliação do Sistema de Abastecimento de Água de Anápolis, pela Saneago. Segundo o governo estadual, as obras somam mais de R$ 25 milhões em investimentos e beneficiarão cerca de 232 mil pessoas. 

Também foi autorizada a obra do canal de drenagem do Aeroporto de Anápolis e da conclusão da duplicação do anel viário do Daia –  trecho que liga a rodovia GO-330 a BR-060. As duas intervenções são de responsabilidade da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra) e devem custar R$ 47,83 milhões. 

O contrato com a Saneago prevê, em um prazo de 9 meses, a execução de 43 quilômetros em redes de distribuição de água, modulações e ligações prediais. Serão contemplados 15 bairros e suas áreas de influência. 

Conforme o governo estadual, a ampliação do sistema tem o objetivo de acompanhar o crescimento do município e garantir segurança hídrica aos anapolinos, inclusive no período de estiagem, como ocorrido no ano passado, pela primeira vez em 20 anos.

Serão beneficiados os bairros: Aldeia do Sonho, Alto da Bela Vista, Arco Verde, Ayrton Senna, Bandeiras, Filostro, Flor de Liz, Ibirapuera, Lourdes, Maracanã, Mariana, Munir Calixto, São Vicente, Vila dos Oficiais e Vivian Parque. Anápolis conta com abastecimento universalizado, atendendo cerca de 390 mil habitantes com água tratada, além de 80% da população com esgoto tratado. “Não vai faltar água para nenhum cidadão”, celebrou Manoel de Castro, o Fião, presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Goiás (Codego).