Anápolis pode sair na frente com flexibilização da quarentena, aponta Naves

Em entrevista nesta quinta-feira, 9, o prefeito destacou que a situação do município é melhor que as vizinhas Goiânia e Brasília, mas diz ser necessário cautela e avaliação das próximas semanas 

Foto: Divulgação

A cidade de Anápolis poderá ter o comércio reaberto antes de Goiânia e Brasília. A avaliação é do prefeito Roberto Naves (PP), destacando que no momento os números do município são melhores que as grandes vizinhas Goiânia e Brasília. Para o gestor, a flexibilização da quarentena vai depender do avanço do coronavírus nos próximos dias.

Momentos antes de falar sobre a flexibilização, entretanto, Naves destacou que já há casos em Anápolis de contaminação comunitária, sem a possibilidade de localizar o local de contágio. Mesmo assim, afirma que já é algo que estava dentro do previsto. Outro ponto ressaltado pelo prefeito é a possibilidade de diferença entre os números e o cenário real.

“Não necessariamente a realidade que a gente vive hoje é a realidade que estaremos daqui a 15 dias mesmo com as medidas de isolamento, devido ao atraso da incubação do vírus”, explicou.

Em seguida, falou sobre a possibilidade de flexibilização: “Os dados falam por si. Tem dado tempo de prepararmos o sistema de saúde. Se tem algo positivo que esse vírus irá deixar, é uma saúde mais preparada. As medidas de isolamento surtiram efeitos e aqui nós conseguimos achatar a curva”, considerou o prefeito.

“O que definir em um curto espaço de tempo é a evolução da doença no município. Até o momento está controlado, mas há necessidade de fazer esses estudos. No próximo dia 19 já pode ser flexibilizado. Como empresário sei o que a categoria está passando”, finalizou sobre o tema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.