Anão gogo-boy dança e rebola numa delegacia e viraliza na internet. Veja o vídeo

Pelo menos 11 servidores de delegacia participaram da festança. Teme-se que o anão seja o único “penalizado”

O crime corre liberado nas ruas de São Paulo. São assaltos, assassinatos, estupros. O PPC age como se as prisões fossem seu Parlamento — inclusive farreando com cocaína dentro de um presídio. A Cracolândia continua imperial, sempre atraindo mais gente. No entanto, no Departamento de Narcóticos de São Paulo (Denarc-SP), tudo é festa, como se nada estivesse acontecendo nas ruas. Para comemorar o aniversário de uma servidora, seus colegas contrataram um anão para fazer uma sessão quase de strip-tease.

O anão sobe numa mesa, pula no chão, abraça e dança, rebolando, com alguns policiais. Tudo aconteceu no pré-feriado da Independência do Brasil. O gogo-boy retira a calça, fica de cueca e dança mostrando intimidade com os policiais. Os servidores divertiram-se tanto que eles mesmos decidiram gravar as imagens e divulgá-las no Youtube.

Agora, com a repercussão, a Corregedoria da Secretaria de Segurança Pública decidiu apurar a responsabilidade pela festança. Teme-se que o anão acabe sendo responsabilizado solitariamente, sobretudo por não ser policial.

A polícia, com base no vídeo, tem condições de identificar os 11 participantes da festa na “boate”, quer dizer, na delegacia. Os policiais teriam consumido cerveja e refrigerante. Os funcionários da Denarc não quiseram conceder entrevistas aos jornais — nem para se defender. De que?, poderiam perguntar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.