Anac libera realização de entregas comerciais por meio de drones

A Speedbird Aero utilizará a aeronave pilotada remotamente chamada DLV-1 NEO. Poderão ser carregadas cargas de até 2,5 quilos em um raio de até três quilômetros

Uma empresa poderá utilizar drones para realizar entregas comerciais no Brasil pela primeira vez. A autorização foi concedida pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). A contemplada foi a companhia Speedbird Aero, que poderá utilizar aeronaves não tripuladas nas operações de entrega de produtos.

A empresa utilizará a aeronave pilotada remotamente chamada DLV-1 NEO. Poderão ser carregadas cargas de até 2,5 quilos em um raio de até três quilômetros. A autorização contempla áreas rurais e urbanas. A licença envolve uma série de requisitos e parâmetros de segurança. Entre eles estão não sobrevoar pessoas, manter distância de fontes de interferência eletromagnética e respeitar as alturas máximas e mínimas fixadas pela Anac.

O processo de análise do pedido durou oito meses. Técnicos da Anac acompanharam quatro ensaios com a empresa, sendo três voltados para observação das características físicas do equipamento e outro para analisar a atuação operacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.