Ana Carla Abrão assumirá Conselho de Gestão Fiscal de São Paulo

Atual secretária da Fazenda de Goiás estava praticamente confirmada na pasta de Finanças do governo do prefeito eleito João Doria

A economista e secretária da Fazenda de Goiás, Ana Carla Abrão, antes praticamente confirmada a Secretaria de Finanças da Prefeitura de São Paulo no governo do prefeito eleito João Doria (PSDB), agora não mais assumirá o cargo.

A economista teria ligado para Doria dizendo que teria dificuldades em assumir a pasta por questões familiares. O tucano queria ter anunciado o nome de Ana Carla como chefe de Finanças ainda na última quinta-feira (27/10), quando comunicou os nomes que assumirão cinco pastas de seu governo, mas ainda nutre esperanças que Abrão mude de ideia.

Assumirão a partir do ano que vem, Júlio Semeghini na secretaria de Governo, o vice-prefeito Bruno Covas para as Prefeituras Regionais, Wilson Pollara na Saúde, Cid Torquato na Secretaria da Pessoa com Deficiência e Anderson Pomini na pasta de Negócios Jurídicos.

No entanto, o fato de ela não assumir a Fazenda não significa que permanecerá em Goiás. Segundo anunciado pelo governador Marconi Perillo (PSDB) nesta sexta-feira (28), Ana Carla aceitou o convite de Dória para presidir o Conselho de Gestão Fiscal da capital paulista. De qualquer forma, ela já havia dito que o acordo feito em 2014 era para permanecer por dois anos à frente da pasta e comandar o ajuste fiscal no Estado.

 

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.