Ambulantes vendem vacina falsificada da CoronaVac no Rio de Janeiro

Vacina está sendo comercializada a R$50 em Madureira, bairro da cidade do Rio de Janeiro. Valor pode chegar a R$60 caso seja realizada a aplicação

Vacina original ainda não foi disponibilizada no Brasil | Foto: Reprodução

A vacina da Covid-19 já chegou no Brasil, ao menos no Rio de Janeiro. Na última segunda-feira, 21, a CoronaVac, imunizante produzido pela China estava sendo vendida em Madureira. Por meio das suas redes sociais, o produtor cultural Sérgio Oliveira, também conhecido como Jones MFjay, foi quem registrou a venda. Segundo ele, a vacina falsa está sendo vendida em outros pontos além de Madureira. 

Um dos ambulantes da região estava com uma suposta vacina contra a Covid-19. As vacinas estavam sendo vendidas a R$ 50 cada. Com a aplicação inclusa, em uma farmácia da região, a imunização saía no valor total de 60 reais.

Apesar de circular livremente na região de Madureira, a vacina original não foi disponibilizada pelas autoridades. Governador de São Paulo, João Dória anunciou que o Estado terá 10,8 milhões de doses da CoronaVac até o final deste ano.

Em entrevista, o professor universitário e Pós-Graduado em Ciências da Segurança Pública, Rafael Barreira explicou que os ambulantes e a farmácia que aplicam a vacina podem ser enquadrados no artigo 273 do Código Penal, que dispõe sobre os crimes de falsificação, adulteração e alteração de produto destinado para fins medicinais. Caso haja a participação de três ou mais pessoas, há o delito de associação criminosa. Segundo Rafael, os consumidores que comprarem da vacina falsificada serão apenas vítimas do esquema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.