Ambiente nebuloso na Sedec com o corte de gratificações de servidores

Paulo Henrique da Farmácia, titular da Sedec e vereador pelo PTC

O ambiente na Secretaria de Desenvolvimento e Economia Criativa (Sedec) está nebuloso. O motivo: a decisão do secretário, Paulo Henrique da Farmácia, de cortar as chamadas UPV’s, dos salários dos servidores. As gratificações são destinadas aos funcionários efetivos e comissionados. Sobrou até para os motoristas.

Além do corte nas remunerações, o titular da pasta exonerou todas as indicações do ex-vereador Tiaozinho do Porto (MDB), líder do Paço na legislatura passada. O emedebista confirma as exonerações e, segundo ele, foi em comum acordo com o Paulo Henrique da Farmárcia, que foi eleito vereador pelo PTC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.