Amauri diz que projeto político de Marconi resultou em ‘dezenas de obras paradas pelo Estado’

Deputado defende criação da CPI das Obras Paradas na Assembleia

O deputado Amauri Ribeiro (PRP) usou a tribuna nesta quinta-feira, 25, para defender a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar as obras paradas em Goiás_Jornal Opção
Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O deputado Amauri Ribeiro (PRP) usou a tribuna nesta quinta-feira, 25, para defender a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar as obras paradas em Goiás. Em fevereiro, o deputado apresentou um requerimento pedindo a instauração da comissão, mas ainda não foi aprovado.

O parlamentar afirmou que mesmo não havendo dinheiro em caixa, a gestão Marconi Perillo (PSDB) deu início às obras do programa Goiás na Frente. O que, para Amauri, trata-se de um “projeto político” que resultou em “dezenas de obras paradas pelo Estado”.

“Por isso eu pedi a essa Casa a abertura de uma CPI das obras paradas. Acho que ela é extremamente importante e peço para que tenha o andamento mais rápido possível”, disse. O deputado também teceu críticas sobre uma obra, em Silvânia, iniciada há mais de dez anos, que está parada.

“É uma escola do século XXI. O município precisa dela. Provavelmente essa unidade de ensino não foi concluída ou por não haver dinheiro, ou por não haver responsabilidade com a gestão do bem público”, disparou Amauri.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.