“Alianças locais serão respeitadas”, diz Tejota sobre Cidadania

Diretórios municipais terão total liberdade para organização das chapas

Vice-governador Lincoln Tejota | Foto: Ascom

O presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, e a executiva nacional do partido se reuniram durante a tarde de sexta-feira, 29, com os presidentes dos diretórios regionais de todo o país. A reunião tratou dos cenários da política atual e das próximas eleições, estruturação e agenda da sigla.

O presidente regional do Cidadania e vice-governador de Goiás, Lincoln Tejota, que também participou da reunião, aproveitou a ocasião para afirmar a independência do partido em Goiás.

A orientação de Lincoln é que as alianças locais devem ser respeitadas. Ou seja, as decisões dos municípios serão garantidas independente das decisões nacionais. Sem intervenções.

Em Goiás, o partido terá mais de 70 candidatos a prefeito, pelo menos 90 candidaturas a vice-prefeito e mais de 120 chapas de vereadores montadas.

“Temos dado liberdade a composições locais, embora a tônica seja chapas puras e candidaturas independentes”, diz Tejota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.