Alexandre Garcia não gosta de pergunta de apresentador e ameaça deixar CNN

Após defender fala autoritária de Bolsonaro sobre o direito de ir e vir, jornalista se irritou com questionamento sobre a Constituição garantir também o direito à vida

Um dos maiores defensores do governo de Jair Bolsonaro na imprensa nacional, o jornalista Alexandre Garcia ficou mudo após ser questionado sobre as medidas de isolamento adotadas por governadores e prefeitos no programa “Liberdade de Opinião”, da rede CNN Brasil.SF

O comentarista político estava ao vivo com o apresentador Rafael Colombo e o tema era a nova declaração do presidente sobre as medidas restritivas para conter o avanço da Covid-19. Garcia defendeu o tom adotado por Jair Bolsonaro na quarta-feira, 5, quando afirmou que não aceitaria mais as restrições por parte de prefeitos e governadores e chegou a ameaçar até mesmo o Poder Judiciário: “Não ousem contestar”. 

Ao defender a fala do presidente, o veterano jornalista disse que a publicação de um decreto para proibir o isolamento seria apenas o cumprimento da Constituição dado o direito de ir e vir dos cidadãos.

Foi então que Colombo fez uma réplica: “Mas na Constituição também tem o direito à vida, né Alexandre? Os governadores e prefeitos não estão tentando garantir o direito à vida?”. Garcia ficou em silêncio e o apresentador chegou a pensar que haveria um problema técnico. Então, o comentarista reclamou: “Estou sendo entrevistado.” Colombo pediu desculpas e disse “pensei que você não tivesse ouvido”. E Garcia concluiu: “Não sei se a gente volta.”

Veja abaixo esse trecho final:                                                                                       

 

 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.