Alexandre de Moraes deve ser sabatinado no Senado no próximo dia 22

Indicado para vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), atual Ministro da Justiça, que está afastado, deve passar pelo crivo dos senadores antes de assumir cargo

Segundo o presidente do Senado, Eunício Oliveira, Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), responsável pela sabatina, deve ser instalada nesta quarta-feira | Foto: Jane de Araújo/ Agência Senado

O presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (PMDB), afirmou que a sabatina de Alexandre de Moraes, indicado pelo presidente Michel Temer (PMDB) para o Supremo Tribunal Federal (STF), deve ser realizada no próximo dia 22 de fevereiro. Atual Ministro da Justiça, mas afastado do cargo deste terça-feira (7/2), Moraes deve passar pela sessão de questionamentos dos senadores antes de assumir vaga no STF.

Segundo Eunício, ele autorizará ainda nesta quarta-feira (8) a instalação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e das demais comissões. Em seguida, ainda na quarta-feira, o líder do PMDB, Renan Calheiros, indicará o nome do partido para a presidência da CCJ. Os mais cotados são Edison Lobão (PMDB-MA) e Raimundo Lira (PMDB-PB).

É da CCJ a responsabilidade de sabatinar o ministro e, caso ele seja aprovado no colegiado, sua indicação será então submetida ao plenário da Casa. De acordo com Eunício, o nome de Moraes vai ser distribuído a todos os membros da CCJ em vista coletiva e, posteriormente, o presidente da comissão irá convidá-lo para comparecer à sabatina.

Também nesta quarta-feira (8), Eunício recebeu Moraes no Senado para que ele apresentasse seu currículo e mostrasse o que o credencia a ocupar o cargo de ministro da Suprema Corte. A vaga no STF foi aberta depois que o ex-ministro Teori Zavascki faleceu em um acidente aéreo no último dia 19.

Deixe um comentário