Alexandre de Moraes confirma “sabatina informal” em barco de Wilder Morais

Candidato ao Supremo Tribunal Federal, ministro teria falado sobre sua opinião acerca de temas polêmicos, como a Operação Lava Jato

O Ministro da Justiça licenciado e candidato a ocupar a a vaga de Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal, Alexandre de Moraes, confirmou ter se encontrado com senadores no barco do goiano Wilder Morais (PP). Segundo ele, o objetivo da reunião foi falar sobre seus pontos de vista, em uma espécie de “sabatina informal”, sobre diversos assuntos.

Antes de assumir o cargo no STF, Moraes tem que passar por uma sabatina oficial no Senado Federal, sendo questionado sobre sua postura acerca de temas de destaque no cenário nacional. Um deles é a Operação Lava Jato, que vem investigando casos de corrupção envolvendo diversos políticos brasileiros e pode atingir inclusive aquele que indicou Moraes, o presidente Michel Temer (PMDB).

Na reunião, no entanto, segundo a Folha de São Paulo, Moraes não teria falado especificamente sobre a operação, alegando não poder emitir sua opinião porque estará diretamente ligado ao processo caso seja oficializado ministro. Se aprovado na sabatina, ele será revisor da Lava Jato no plenário.

Moraes afirmou que estavam presentes no encontro em Brasília nove senadores do PR, PTB, PRB, PSC e PTC. A reunião, que começou na noite de terça-feira (7/2) e terminou na madrugada de quarta-feira (8), foi realizada na chamada chalada Champagne, a casa flutuante de Wilder Morais.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.