Alego suspende atividades presenciais durante mês de julho e trabalhos legislativos serão remotos

De acordo com o deputado Lissauer Vieira, que preside a Casa, a decisão integra as medidas de combate à Covid-19

As atividades da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) retornam para a dinâmica remota a partir da próxima semana. Como já havia sido anunciado pelo presidente do Legislativo goiano, deputado Lissauer Vieira (PSB), a determinação começou a vigorar nesta sexta-feira, 3, e segue até dia 31 de julho.

De acordo com Lissauer, a decisão segue as orientações do governo estadual com o objetivo de ampliar o isolamento social e reforçar as medidas enfrentamento à pandemia.

“Estamos presenciando um aumento considerável de casos de coronavírus em nosso estado, especialmente em Goiânia e, diante disso, precisamos fazer a nossa parte para evitar a disseminação dessa doença.”, ressaltou o deputado.

Atividades remotas

O decreto publicado pela Mesa Diretora da Alego também regulamenta a tramitação dos processos administrativos que têm por objeto a contratação de bens e serviços, bem como àqueles que visam a prorrogação dos contratos, pedidos de fornecimento e pagamentos diversos durante o mês de julho.

De acordo com o ato, todos esses procedimentos deverão ser realizados, exclusivamente, por meio do Sistema de Gerenciamento de Processos e Documentos (SGPD) durante o período de suspensão das atividades presenciais.

O documento informa ainda que a Diretoria de Tecnologia e Informação da Casa manterá durante todo o mês de julho um serviço de help desk para orientar os usuários do SGPD no caso de dificuldade na tramitação dos processos. (Com informações da Alego)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.