De autoria do deputado Humberto Teófilo, está na Pauta Prévia da Assembleia projeto de lei que homenageia empresário dono das lojas Havan

Está previsto na Pauta Prévia da sessão de inauguração da nova sede da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) nesta quinta-feira, 3, o início das discussões sobre o Projeto de Lei (PL) que concede título de cidadania ao empresário e pré-candidato ao Senado por Santa Catarina, Luciano Hang (sem partido). A proposta, que está em primeira fase de discussão e votação, é de autoria do deputado estadual Humberto Teófilo (sem partido), mas conta com outras 21 assinaturas. 

A justificativa de Teófilo para apresentação da matéria é de que Hang é importante na geração de empregos diretos e indiretos no Estado, onde conta com três “megalojas” localizadas em Anápolis, Rio Verde e Valparaíso de Goiás, no Entorno do Distrito Federal. “Em Goiás, cada loja gera cerca de 200 vagas de emprego direto em cada loja”, argumenta deputado.  Ele ainda salienta que, na ocasião da apresentação da matéria, havia projeto de expansão de mais cinco lojas no Estado. Segundo Humberto, são investimentos que devem ultrapassar os R$ 200 milhões para apenas três lojas situadas em Goiânia, Aparecida e outra em Sobradinho, no Distrito Federal, “trazendo benefícios à Região do Entorno”.

“Luciano escolheu Goiás para voltar investimentos de sua marca, trazendo milhares de empregos para a população goiana”, acrescenta.  Em tramitação desde novembro de 2021, o PL tem parecer favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). O texto foi aprovado na Comissão em novembro, no entanto, entrou na Pauta Prévia da Casa somente agora, no retorno Legislativo. É a primeira vez que o projeto entra na ordem do dia, no entanto, a assessoria do parlamentar diz que o projeto não deve ser apreciado nesta sessão.