Agradecimento a Dilma e desmaio de militar marca evento de novo comando da Aeronáutica

Tenente-brigadeiro do ar Antonio Carlos Moretti Bermúdez assumiu o comando da Aeronáutica em cerimônia com participação de Bolsonaro

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PSL), acompanhado do vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB), participou da cerimônia de passagem de comando da Aeronáutica, em Brasília, nesta sexta-feira, 4. Bolsonaro nomeou o tenente-brigadeiro do ar Antonio Carlos Moretti Bermúdez, 62, para exercer o cargo. O presidente não discursou no evento e ouviu agradecimentos do ex-comandante aos ex-presidentes Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB). Com informações do UOL.

“Agradeço ao tenente-brigadeiro Saito, meu antecessor no comando da Aeronáutica, e que teve grande influência na formação da minha visão da Força Aérea. À presidente Dilma e ao presidente Temer por terem me confiado e mantido no comando desta instituição. Tenham a certeza que tudo fiz para honrar este cargo”, disse o tenente-brigadeiro do ar Nivaldo Luiz Rossato antes de desejar sucesso a Bermúdez.

Durante a cerimônia, um militar perfilado de frente para a tribuna onde está Bolsonaro se sentiu mal e foi retirado pelos colegas. Em uma área atrás do telão que transmite a solenidade, ele foi colocado em uma cadeira de rodas e atendido por médicos. Segundo a assessoria da Aeronáutica, o militar teve uma queda de pressão devido ao forte calor em Brasília e foi medicado.

Após a cerimônia, a Esquadrilha da Fumaça se apresentou. Bolsonaro deixou o local após o Hino Nacional.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.