Agetop entrará com ação criminal contra Ronaldo Caiado por vandalismo

O ato foi motivado por “tweet” do candidato ao Senado, que se explicou dizendo que se referia a placas do novo emplacamento feito pelo Detran

caiado tweet

Twitter de Ronaldo Caiado (DEM) que poderá gerar ação criminal por incitação à desordem por parte da Agetop

A Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) divulgou nesta sexta-feira (18/7) uma nota dizendo que entrará com ação criminal contra o candidato ao Senado Federal e deputado federal Ronaldo Caiado (DEM) por incitação à desordem. O ato está sendo motivado por uma publicação no Twitter de Caiado em que o candidato afirma: “Goiás tem placa de publicidade para todo lado. Não dá pra andar sem trombar nelas. Eu mesmo tenho derrubado todas as placas “.

O democrata vem criticando o excesso de propagandas do governo de Marconi Perillo (PSDB), tendo dito na última quinta-feira (17) que Iris Rezende (PMDB) vai “tornar reais as obras dos outdoors governistas”. “A mãe vê esses outdoors de hospitais e tem vontade de entrar na propaganda com o filho doente para ser tratado”, disse Caiado na ocasião.

A Agetop afirmou que “recebeu com preocupação e indignação a informação dada pelo Deputado Ronaldo Caiado, em seu Twitter, de que seria ele o responsável pela destruição de placas e outdoors instalados pela Agetop em diversos pontos do Estado”. O órgão sustentou que vinha tentando identificar os “criminosos responsáveis por esses atos de vandalismo e depredação do patrimônio público”. Depois de explicar que o deputado será notificado para que indique quais as placas destruídas, a Agetop afirma que também foram identificadas placas e outdoors que foram alvo de pichações e tiros.

Em entrevista ao Jornal Opção Online, o deputado Ronaldo Caiado se explicou dizendo que quando falou que estava derrubando placas se referia ao novo emplacamento que deveria ser feito em postos do Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO). “Eu derrubei a cobrança de 3 milhões de placas, foi isso que eu disse”, sustentou o candidato. Segundo Caiado, parte do valor arrecadado pelo Detran com as novas placas seria repassado ao governo, que iria fazer mais publicidade. “Derrubei as placas que iam usar para assaltar os goianos a fim de fazer mais propaganda”, disse.

Nesta sexta-feira (18), o presidente da Agetop, Jayme Rincón, chamou Caiado de “deputado Black Bloc”, explicando que o democrata teria divulgado nas redes sociais que tem derrubado placas do governo. “Mesmo achando que não se constrói um Estado com atos de vandalismo, eu aceitaria esta ação irresponsável da parte do deputado ‘black bloc’ caso ele ache alguma placa que não tenha a devida obra correspondente já executada ou em execução”, disse Rincón em nota.

Veja abaixo a nota da Agetop na íntegra:

A Agência Goiana de Transportes e Obras (Agetop) recebeu com preocupação e indignação a informação dada pelo Deputado Ronaldo Caiado, em seu Twitter, de que seria ele o responsável pela destruição de placas e outdoors instalados pela Agetop em diversos pontos do Estado.

Há muito tempo, inclusive com a ajuda do Comando de Policiamento Rodoviário, tentamos identificar os criminosos responsáveis por esses atos de vandalismo e depredação do patrimônio público.

O Deputado Ronaldo Caiado será notificado pela Chefia de Advocacia da Agetop para que indique quais as placas destruídas por ele. A Agência entrará inclusive com ação criminal contra o Deputado por incitamento à desordem.

Equipes da Agetop identificaram também que há algum tempo placas de sinalização rodoviária e outdoors vêm sendo objetos de pichações e tiros.

Pela confissão feita ontem (17/07) pelo Deputado, a Agetop notificará ainda para que ele se manifeste sobre possível autoria dessas pichações e tiros em placas de sinalização rodoviária e de divulgação de obras.

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

rocha

Outdoor de propaganda do Marconi NÃO É “patrimônio público”. Seria porque foram construídos com o dinheiro dos contribuintes? Haja hipocrisia…

Rleles

Ridículo… baseado em publicação do Twitter vão fazer processo?!?!?!?!?! quanto fundamento!!!!!