Coordenador de campanha de Maguito afirma lamentar que Vanderlan tenha escolhido terminar a campanha nesse nível

Agenor Mariano | Foto: Divulgação

O coordenador de campanha de Maguito Vilela (MDB), Agenor Mariano, respondeu aos ataques de Vanderlan Cardoso (PSD). Ele classificou a atitude do adversário de Vilela como um ato de desespero, resultado da queda nas pesquisas e ausência de projetos para apresentar às pessoas.

 “Sem conseguir justificar suas próprias contradições e declarações infelizes, agora parte para esses ataques gratuitos e tenta criar factóides. Uma pena que Vanderlan tenha escolhido terminar a campanha nesse nível”, reagiu Agenor.

O coordenador de campanha ressalta que a resposta dos emedebistas é uma campanha bonita, propositiva e com projetos consistentes. “Como temos feito desde o início e que é o tipo de política que nosso candidato sempre defendeu e praticou”, completou.

[relacionadas artigos=”294027″]

Sobre a declaração de Vanderlan sobre uma possível aliança do MDB com o PT para prejudicá-lo, Agenor diz que o candidato luta contra Adriana Accorsi para ir ao 2º turno. “Demonstra que ele não está seguro com o segundo lugar”, resume.

Por fim, Agenor Mariano comentou a fala de Vanderlan que sugeriu que a aliança do MDB com o PT seria o motivo da distância de Iris da campanha eleitoral. Agenor lembrou que convive diariamente com o prefeito Iris Rezende há 16 anos. “Eu não me sinto credenciado para colocar palavras na boca do prefeito, se ele [Vanderlan] se julga tão intimo ou ouviu algo da boca do Iris, que nós não escutamos, pode até justificar a fala dele. Caso contrário seria melhor que ele se calasse”, argumenta.

“Não compete a mim comentar futuras alianças, até porque temos que ter respeitos pelos partidos que estão na disputa. A eleição não acabou”, comentou o emedebista. “Caso ele não vá para o 2º turno certamente ele não vai apoiar o PT, então quem sabe pode até nos apoiar”, alfineta Agenor.