Agências do INSS em Goiás continuam sem perícia e governo ameaça corte de ponto dos servidores

Peritos permanecem relutantes em retornar às atividades diante da suposta falta de recursos adequados e capazes de garantir a segurança dos trabalhadores em tempos de coronavírus

Foto: Reprodução

Estão autorizadas e liberadas, a partir desta quinta-feira, 17, as perícias médicas nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de todo País. No entanto, apesar do comunicado da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, essa não é a realidade na maioria das regiões.

Isso porque os servidores responsáveis pelas perícias nas agências do INSS permanecem relutantes em retornar às atividades diante da suposta falta de recursos adequados e capazes de garantir a segurança dos trabalhadores em tempos de coronavírus.

Mesmo com as investidas do governo, que promete realizar o corte do ponto dos servidores que faltarem ao trabalho sem justificativa, a classe segue sem reconhecer as vistorias realizadas em seus locais de trabalho. Em Goiás, por exemplo, a prestação do serviço está totalmente interrompida não havendo, inclusive, qualquer previsão de retorno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.