Afastamento do desembargador do TJTO Ronaldo Eurípedes é confirmada por Corte Especial

Ele foi afastado após operação Madset, que visava desarticular suposta organização criminosa suspeita de negociar decisões judiciais

A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve, por unanimidade, decisão monocrática do ministro Og Fernandes que determinou o afastamento do desembargador Ronaldo Eurípedes, do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJ/TO). Ele foi afastado no dia 28 de abril, por decisão do ministro, na operação Madset, da Polícia Federal, que visava desarticular suposta organização criminosa suspeita de negociar decisões judiciais no Judiciário do Estado.

Ex-presidente do TJ, o desembargador Ronaldo Eurípedes de Souza foi afastado por um ano por decisão de Og Fernandes, confirmada agora pela Corte Especial do STJ.

Espantosa majoração

A suspeita de vendas de sentenças inclui casos em que houve a “espantosa majoração de honorários advocatícios”, conforme as investigações, que também “indicam vertiginoso acrescimento patrimonial, grande parte não declarado”.

O afastamento foi determinado tendo em vista a necessidade de uma análise mais detida e aprofundada das autoridades competentes, afirmou Og.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.