Aeroporto de Goiânia está entre os últimos a receber fiscalização da bagagem de mão

Orientação começa no dia 24 de abril e cobrança pela mala com medidas acima do permitido se dará a partir do dia 12 de maio

Aeroporto de Goiânia está entre os últimos a receber fiscalização da bagagem de mão
Foto: Pixabay

A fiscalização mais rigorosa de bagagens de mão, iniciada nesta quarta-feira, 10, em aeroportos nacionais, será feita no em Goiânia a partir do dia 24 de abril. O terminal Santa Genoveva está entre os últimos a receberem a medida, que será aplicada em 15 aeroportos pelo Brasil.

A iniciativa é da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear). A fiscalização começa pelos terminais Jucelino Kubitscheck, de Brasília, Afonso Pena, de Curitiba, Viracopos, em Campinas e Aluízio Alves, em Natal.

O objetivo é evitar que volumes com tamanho inadequado sejam embarcados como bagagem de mão. Essa possibilidade tornou-se mais evidente quando, em 2017, uma resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) determinou a cobrança pelo despacho de malas. Antes, os passageiros podiam despachar uma bagagem de 23 quilos sem ter que pagar por isso.

Novas exigências

A de mão, no entanto, permaneceu sendo gratuita, desde que pesasse no máximo 10 quilos. Agora, além do peso, é preciso estar atento, também às medidas. A Abear adotou as usadas pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata). Elas são de 55 cm de altura por 35 cm de largura e 25 cm de profundidade.

Uma empresa terceirizada vai estar antes da área restrita dos aeroportos para fazer uma avaliação visual do tamanho. As malas que parecerem estar fora do padrão serão testadas em uma fôrma com as medidas adotadas pela IATA.

Caso a mala esteja com medidas maiores que as permitidas, o passageiro será redirecionado ao balcão de check-in da sua companhia. Lá, então, deverá pagar pelo despacho.

Entretanto, no início, o processo será apenas educativo, no intuito de orientar os passageiros para viagens futuras. Somente após duas semanas a cobrança será feita. Em Goiânia, por exemplo, a cobrança se dará após o dia 12 de maio.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.