Aécio perde espaço e Marina lidera pesquisa à presidência

Crise política afeta intenções de votos para eleições de 2018 e ex-senadora deixa para trás possíveis candidatos de PT e PSDB

A ex-senadora e candidata à presidência nas últimas eleições Marina Silva (Rede) lidera as intenções de voto para o pleito de 2018. É o que diz a última edição da pesquisa DataFolha divulgada neste sábado (19/3).

Segundo a pesquisa, a fundadora da Rede fica com 21% a 24% das intenções de voto, dependendo de quem for o candidato do PSDB dentro dos possíveis cenários para as próximas eleições presidenciais. Os dados colhidos entre os dias 17 e 18 março mostram ainda que os outros dois nomes mais citados pelos eleitores são o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o senador Aécio Neves (PSDB).

Entre a pesquisa realizada em fevereiro e a desta semana, o ex-presidente Lula foi quem mais perdeu em percentual de intenção de voto. Mesmo assim, considerando a margem de erro do levantamento, que é de dois pontos percentuais para mais ou para menos, os três principais possíveis candidatos aparecem empatados quando confrontados entre si.

Contra Geral Alckimin e José Serra, Lula ficaria em segundo lugar, mas se a disputa se na hipótese de o candidato tucano ser Aécio Neves, então Lula cai para terceiro lugar. Neste último cenário, Lula aparece com 17%, Aécio 19% e Marina 21%.

Em pesquisas anteriores, nesta mesma simulação, o senador mineiro aparecia com 24% das intenções de voto em fevereiro. Em dezembro do ano passado chegou ao percentual de 27% e agora aparece com apenas 19%. (Com informações Jornal F. de São Paulo)

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Welbi Maia Brito

A pesquisa neste momento é um recall da última eleição. Por isso Aécio e Marina Silva, que disputaram o último pleito levam vantagem. Alckmin aparece bem, mesmo tendo disputado a eleição presidencial 10 anos atrás. Já o resultado de Lula, mostra que se esgotou a era petista no poder.

Lita Carneiro

Sei não. Se com toda a “brabeza” (assim diz a mídia) da presidente Dilma foi impossível controlar a ganância dos políticos por cargos, pôr um freio na abundância de privilégios, domar a sanha dos cupinzeiros, imagino Marina de aspecto frágil, voz fraquinha, saúde delicada conseguir consertar o que aí está, em meio aos mesmos que nunca se dão por satisfeitos. Não quero pagar pra ver.