Adriano do Baldy: pP apoia Caiado e não convidou Mendanha para compor chapa

Parlamentar ressalta que o principal projeto do partido é a candidatura de Alexandre Baldy ao Senado e o apoio à reeleição do governador de Goiás, Ronaldo Caiado 

Adriano do Baldy: pP apoia Caiado e não convidou Mendanha para compor chapa | Fotos: Reprodução

Entre rumores de possível aproximação com Gustavo Mendanha (sem partido), com membros do partido Progressistas, o deputado federal Adriano do Baldy nega qualquer tipo de conversas políticas ou convite ao prefeito de Aparecida. Ele ressalta, inclusive, que não há qualquer possibilidade de o partido Progressistas lançar um candidato a governador, uma vez que o principal projeto do partido é a candidatura do ex-ministro Alexandre Baldy ao Senado e o apoio à reeleição do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União Brasil).

Para Adriano do Baldy, inclusive, a associação do pP com Mendanha é uma tentativa do próprio prefeito de “utilizar a imagem do partido para se promover”. “Como pode um candidato ao governo utilizar a imagem dos outros para se promover? Semana passada foi o PSD, agora insistem em falar do pP. Nosso candidato é Ronaldo Caiado, o melhor candidato ao governo. Nossos municípios estão assistidos pelas políticas do governo”, ressaltou o deputado.

O partido, inclusive, emitiu uma nota oficial, nesta quinta-feira, 24, onde destacou não possuir pré-candidato ao Governo do Estado para as eleições de 2022. “Neste momento, as atenções do partido estão voltadas, única e exclusivamente, para a consolidação da pré-candidatura ao Senado Federal do presidente Alexandre Baldy e formação de pré-candidaturas a deputados e deputadas federais e estaduais”, foi dito, em nota. 

O parlamentar ressaltou que, caso Alexandre Baldy não seja o candidato escolhido pelo governador para ocupar a vaga ao Senado na chapa, isso não impedirá o partido de caminhar com Caiado. “Iremos apresentar novos aliados para fortalecer a candidatura do governador”, garantiu. Os boatos de uma possível aproximação da legenda com Mendanha surgiram após o prefeito de aparecida “topar” — “por acaso” — com o parlamentar no corredor em frente ao plenário do Congresso Nacional, em Brasília.

No entanto, Adriano ressaltou: “Nunca conversei sobre política com o Mendanha”. Segundo o deputado, o encontro foi breve e inesperado, e ocorreu enquanto o parlamentar deixava o plenário para se dirigir a uma reunião que planejada para ocorrer no Ministério do Desenvolvimento Regional.

Além de Baldy para o Senado, até o momento, quatro nomes estão confirmados na chapa montada pelo pP: os deputados federais Adriano Baldy e Professor Alcides Ribeiro e os vereadores Sandes Jr., de Goiânia, e Leandro Ribeiro, de Anápolis. Todos os quatro pleiteiam uma cadeira na Câmara dos Deputados. Os demais nomes, de acordo com Adriano, devem ser apresentados pelo partido na próxima semana.

Articulação no plano nacional

Adriano do Baldy informou que, com o apoio do deputado Cláudio Cajado Sampaio, da Bahia, Alexandre Baldy opera, no momento, para aumentar a banca do pP na Câmara dos Deputados. Com as 11 adesões, recém-conquistadas, o partido passou a ter 60 parlamentares. Ou seja, tem uma das maiores bancadas do Congresso. Isto sinaliza, segundo o líder goiano, que o partido deve eleger uma superbancada em 2022.

 

Confira a nota do partido na íntegra:

“O Progressistas Goiás esclarece que não possui pré-candidato ao Governo do Estado para as eleições de 2022. Neste momento, as atenções do partido estão voltadas, única e exclusivamente, para a consolidação da pré-candidatura ao Senado Federal do presidente Alexandre Baldy e formação de pré-candidaturas a deputados e deputadas federais e estaduais. Dessa forma, não existe qualquer movimentação de bastidores para filiações para encabeçar a disputa ao Governo do Estado de Goiás”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.