Adriana Accorsi: “Vou trabalhar para angariar os votos de Iris Rezende”

Para delegada, ela e líder peemedebista possuem uma afinidade política: “o trabalho para os mais humildes”

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Com a anunciada aposentadoria do ex-governador Iris Rezende (PMDB), os demais pré-candidatos à Prefeitura de Goiânia deverão lutar pelo eleitorado deixado pelo líder peemedebista após sua desistência. É o caso da delegada Adriana Accorsi (PT).

Nome escolhido pelo prefeito Paulo Garcia (PT), ex-aliado e atual desafeto de Iris, Adriana afirma que vai trabalhar para angariar os votos do decano. Para ela, ambos possuem uma afinidade política: “o trabalho para os mais humildes”.

“A saída de Iris altera o quadro na medida em que as pessoas que haviam o escolhido passarão a olhar para os demais nomes e tenho a esperança de receber parte destas intenções de apoio. Afinal, o ex-prefeito atuou muito para os mais humildes e este também é meu foco. Temos essa afinidade e vou trabalhar para angariar os votos dele”, afirmou em entrevista na última sexta-feira (15/7).

Adriana também comentou sobre a curiosa presença de dois delegados entre os preferidos na corrida eleitoral goianiense. Sem Iris, ela e o deputado Delegado Waldir aparecem em terceiro e primeiro lugares nas pesquisas de intenções de votos, respectivamente.

Para a petista, a situação demonstra a “angústia” da população em relação à área de Segurança Pública, mas garante que sua proposta para o setor é bem diferente da apresentada por seu colega, com uma atuação mais voltada para a prevenção junto às crianças e aos adolescentes, e também para o policiamento comunitário.

“Por exemplo, se tivermos uma Educação sensibilizada para a questão da intolerância e do desrespeito às pessoas diferentes – por orientação sexual, por gênero, por religião, por que são gordos, por que são negros ou índios – nós vamos diminuir uma série de modalidades de crimes da nossa cidade”, explica.

Questionada sobre o desafio de ser a primeira prefeita de Goiânia, Adriana assegura que o eleitorado da capital é maduro e corajoso; e garante que será a primeira mulher a governar a cidade. “Goiânia é uma das poucas cidades do País em que temos quase metade dos lares chefiados por mulheres, assim como eu, que sou mãe separada. Lutamos para criar nossos filhos com dignidade.”

Por fim, sobre o fato de ser o nome da atual gestão municipal nas eleições deste ano, Adriana afirma que as pessoas conseguirão separar “a deputada e pré-candidatada Adriana da administração que já está ocorrendo”. Ela explica que cada administrador possui suas características, e, confrontada sobre eventuais medidas impopulares adotadas pelo atual prefeito, a petista pondera: “São decisões que eu respeito, mas faria diferente, principalmente no diálogo com a sociedade. Tivemos três administrações do PT em Goiânia, cada um com suas caraca terísticas, e eu trarei as minhas”.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Moacir Romeiro

Íris Rezende tem meu voto, mas como desistiu da eleição, voto em Adriana Accorsi, por considerá-la uma excelente candidata.