“Adoraria que ele renunciasse”, diz Ronaldo Fenômeno sobre Marco Polo del Nero

Jogador acredita que a investigação sobre a Fifa ainda vai chegar à CBF e que o atual presidente não vem dando um grande exemplo

Ronaldo também elogiou a iniciativa de Romário em instituir uma CPI para investigar a CBF|Foto: Marcelo Sayão (EFE)

Ronaldo também elogiou a iniciativa de Romário em instituir uma CPI para investigar a CBF|Foto: Marcelo Sayão (EFE)

Bruna Aidar

O ex-jogador de futebol Ronaldo Fenômeno manifestou insatisfação com a administração do presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Marco Polo Del Nero. Em um evento promovido nesta quarta-feira (3) por uma de suas patrocinadoras, Ronaldo disse que a CBF “vive um momento de nenhuma credibilidade”.

Sobre Del Nero, afirmou: “adoraria que ele renunciasse, porque não tem dado um grande exemplo e é evidente a relação que tem com o ex-presidente José Maria Marin.” Ele ressaltou que é prudente esperar todas as investigações e não fazer pré-julgamentos, mas que tem certeza que a investigação sobre a Federação Internacional de Futebol (Fifa) chegará à cúpula da CBF.

De acordo com Ronaldo,  é necessário que a população se posicione contra as irregularidades na instituição. “É momento de continuar cobrando transparência, honestidade e cobrar essas pessoas que se envolvem com o futebol da maneira correta. Tanto no futebol quanto na política é da pressão popular que as pessoas mais têm medo”, disse.

Ronaldo também defendeu a renovação no comando das confederações. “Nossa crise dentro de campo começa com a administração do futebol”, acrescentou. Mas descartou que ocupará algum cargo diretivo no Brasil. “Não tenho vontade nenhuma de ter um cargo na CBF ou no futebol em geral”, diz.

Ele elogiou ainda a atuação do Senador Romário (PSB-RJ), que instituiu uma CPI para investigar a CBF. “Acredito que na CPI vai aparecer muita coisa e que esse trabalho que o Romário está fazendo vai ser muito esclarecedor”, afirmou, se colocando à disposição para “ajudar nessa reformulação do futebol”.

Na ocasião, Ronaldo se manifestou ainda a favor da criação de uma liga independente de clubes. Segundo ele, já vem inclusive fazendo planejamentos e conversando com esportistas e criadores de ligas europeias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.